9ºDia – Bariloche – Abril 2018

9º Dia / 09 Abril 2018 / Segunda-feira
( Neuquem – ARG  /  San Carlos de Bariloche – ARG)

Nosso destino hoje é Bariloche, se tudo correr bem.
Tomamos o café da manhã, e como o check-out era até as 10:00 horas saímos para ver se conseguíamos um chip para o celular.
Já tínhamos algumas informações de que a Claro funcionava bem nessa região.
Perguntamos ao recepcionista se tinha alguma loja da Claro por perto. E para nossa sorte ali mesmo na Av. Rivadávia, 116 tinha uma.
E lá fomos nós.
Chegando lá descobrimos que não era possível adquirir um chip com o passaporte sendo estrangeiro, conforme nova determinação do governo. Teríamos que ter solicitado na imigração, na nossa entrada, um documento onde constava a nossa permanência no pais.
Nessa hora o atendente foi muito legal e nos deu uma diga, digamos assim, um jeitinho bem brasileiro para resolver o problema. Falou para irmos a um kiosko e comprar um chip da Claro. De posse do chip era só voltar com ele ali na loja, pois estando com o chip,  seria possível ativá-lo usando o passaporte. Não da para entender.
Saímos e logo ali na esquina  tinha um kiosko. Compramos o bendito Chip por AR$ 20,00.
Voltamos na loja e procuramos o rapaz que nos atendeu. Ele preparou a documentação e ainda nos indicou um plano com algumas vantagens, que na verdade agora não vou lembrar de nada.
Pagamos uma recarga de AR$ 100,00 que supostamente nos dariam uns 15 dias de internet 4G.
Resolvido o problema de internet para o celular voltamos para o hotel para fazer o check-out
e partir.
Saímos de Néuquem pela RN.22(Ruta Nacional 22).

Uma paradinha rápida em um YPF para pipi e café.

YPF ARROYITO
RN.22 – Km.1266 – Arroyito

Continuamos viagem.
Saindo do posto, logo a frente, deixamos a RN.22 e pegamos a RN. 237.
Já na RN.237  a  35 Km de Arroyito encontramos a Villa Él Chocon  e o que nos chamou a atenção foi um Outdoor na estrada com a imagem de um “Dinossauro” isso mesmo “Dinossauro” e os dizeres “CUIDADO DINOSSAUROS”
Ficamos MUITO curiosos e resolvemos para na Informação Turística que fica a beira da estrada e verificar a veracidade daquele, digamos assim, curioso Outdoor.
Verificando as informações e a autenticidade do outdoor, resolvemos nos arriscar e conhecer.
Só esperamos não dar de cara com nenhum Dinossauros, brincou né.
Bem, vamos as informações que conseguimos:
1Villa El Chocón é uma vila e município da província de Neuquén, no sudoeste da Argentina. A vila foi criada inicialmente para abrigar os trabalhadores que construíam a barragem de Ezequiel Ramos Mexía, no rio Limay, onde seria o “Complejo Hidroeléctrico Chocón-Cerros Colorados”. A obra teve inicio em 1968 e foi concluída em 1977. A barragem  é o local de uma das principais usinas hidrelétricas da Argentina.
2Villa Él Chocon é conhecida pelo “Circuito Paleontológico”,  por ser a cidade dos dinossauros. Lá foram descobertos os fósseis do maior dinossauro carnívoro já encontrado no mundo o “Giganotosauros”. Foi encontrado em 1993, por Ruben Carolini e foi chamado de  “Giganotosauros Carolonii”. Desde então foram feitas diversas expedições a procura de fósseis de dinossauro na região. Além disso, perto de Villa El Chocón  são encontrados vários grupos de pegadas fósseis de dinossauros que viveram aqui no passado.

No local tem também o  Museu Paleontológico Ernesto Bachmann, que possivelmente seja a maior atração da cidade. Infelizmente estava fechado nesse dia.
Fomos conhecer a Barragem Hidroelétrica.
O local vale a pena conhecer pelo visual do lago que é incrível.

Depois das fotos  e tudo mais, voltamos para a RN.237.

Bairro LLequén

Andamos uns 5 Km e paramos no Bairro LLequén para ver as pegadas de dinossauro, Ignitas (Huellas de Dinosaurios), na beira do lago. Entramos no bairro e logo encontramos uma placa indicando o caminho, era uma estradinha de ripio de uns 2Km que nos levou até a beira do lago.

No local existem algumas passarelas aéreas, para proteger o local onde estão as pegadas reais dos dinossauros, que foram petrificadas no barro há milhares de anos. Tem que procurar um pouquinho, digo muito, elas devem estar  lá!! Nós não conseguimos ver nenhuma.
Bem, voltamos a nossa rota.
A fome bateu e resolvemos parar para abastecer e lanche.

YPF PIEDRA DEL AGUILA
RN.237 – Km.1446 – Piedra del Aguila

Abastecemos…………..51,55 L
Preço da gasolina……AR$ 20,85
Gastamos………………AR$ 1075,00
Lanche AR$ 324,00
Continuamos viagem pela RN.237(Ruta Nacional 237).
Em Corral de Piedra cruzamos o Rio Collón Cura pela Puente Collon Cura, a vista nesse local é magnifica.
Em Dina Huapi deixamos a Região de Neuquén e entramos na Região de Rio Negro.

A partir desse ponto deixamos a RN. 237 e continuamos pela RN.40 que nos leva direto até San Carlos de Bariloche.
Finalmente chegamos a Bariloche.
Fomos direto para o hotel que tínhamos reservado na noite anterior pelo Booking.

VILLA HUINID
Av. Exequiel Bustillo  Km. 2600
Rio Negro – Bariloche
www.villahuinid.ar

Diaria AR$ 2063,80 + AR$ 180,00(Taxa Turismo) = AR$ 2243,80.
Fizemos o check-in e fomos para nossa cabana.
Descarregamos o carro, arrumamos as coisas e tomamos um bom banho.

Como estávamos cansados da viagem resolvemos comer no restaurante do hotel mesmo.
Gastamos AR$ 600,00.
Voltamos para a cabana e dormir.
Boa noite.

RESUMO DO DIA

COMBUSTÍVEL
AR$  1075,00

ALIMENTAÇÃO
AR$ 964,00

OUTROS
AR$   20,00 (chip)
AR$ 100,00 (recarga chip)
AR$ 180,00 (taxa turismo)
Total=AR$ 300,00

HOSPEDAGEM
AR$ 2063,00

RECOMENDAMOS
Hotel Villa Huinid – Bariloche

ROTA
RN.22 / RN.237 / RN.40

454 Km Rodados – 08:30h

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*