7ºDia – Santos / Santiago do Chile de carro – 2013

7º dia / 13 Setembro 2013 – sexta-feira
(Santa Fé a La Paz )

Acordamos as 06:00h. Malas arrumadas.
Café da manhã as 07:00h.
Fechamos a conta, malas no carro e lá vamos nós para mais um dia.
Saímos do hotel as 08:00h, tempo bom mas nublado e frio.
Paramos para abastecer na cidade mesmo antes de pegar a estrada.
De Santa Fé até Santo Tomé pegamos a RN.11
Assim que entramos na RN.11 / Km 146 tinha um pedágio (ARS 2,50).
Passando Santo Tomé a RN.11 passa a ser RN.19.
IMG_1325 E

IMG_1326 EAgora esta ficando mais frioooooooooooooooo
IMG_1327 EConforme nos aproximamos do interior da Argentina o tempo vai ficando mais frio e venta muito.
Continuando passamos pela RN.6 / RN.10 / Las Pareyra / RN.34.
Paramos na Estacion de Serviço Clucellas – RN.19 / Km.93, abastecer, tomar café, comprar água e cigarro.
Continuando viagem cruzamos com…RN.13 / RN.20 / RN.22.
*Entramos na Província de Córdoba
Passamos por San Francisco.

San Francisco é um município da Província de Córdoba – Argentina.
Sua população é de aproximadamente 65.000 mil habitantes.

IMG_1329 E

Passamos por: Quebracho Herrado / S. Laspiur / RN.13 / Las Varas / Las Varillas / Trinchera / RN.52.
De San Francisco a Monte Redondo a RN.19 passa a ser RN.1.
Depois de Monte Redondo a RN.1 passa a ser RN.158.
Continuando viagem, tempo bom mas nublado, frio e ventos fortes.
Até o carro esta se portando, bem melhor do que esperava.
Passamos por: Quebracho Herrado / S. Laspiur / RN.13 / Las Varas / Las Varillas / Trinchera / RN.52.
Paramos em Pozo Del Molle para abastecer, lanchar e descansar um pouco.
Pozo del Molle E

Pozo del Molle 2ECidadezinha agradável.
Pozo del Molle 3EEm Pozo Del Molle tem opção de hospedagem.
Hotel Del Centro – 9 de Julio,175, Pozo Del Molle. 5913 . Córdoba . Argentina.
Pozo del Molle 4EContinuamos viagem………..
La Playosa / Arroyo Algodón.
Hoje o dia esta rendendo bem.
Chegamos em Villa Maria.
IMG_1332 E

IMG_1333 E 

Villa Maria é uma cidade no centro da Província de Córdoba – Argentina.
É a terceira maior cidade da Província depois da capital e da cidade de Rio Cuarto.
Sua população é de aproximadamente 82,000 mil habitantes.

Bem, vamos continuar a viagem……
Cruzamos a RN.2 , passamos por Arroyo Cabral / Luca.
IMG_1337 EEstranhamos as arvores a beira da estrada, parecem secas, mas não são não. São arvores totalmente desprovida de folhas.
IMG_1338 EEssas são mais estranhas ainda. Parecem cabeleiras.
Cruzamos a RN.6.
Passamos por, Las Perdices / General Deheza
General Deheza E 

A cidade de General Deheza tem uma população de aproximadamente 12.000 mil habitantes. É um forte centro Agropecuário onde destacam-se: trigo, amendoim, soja, girassol, milho e o gado.

IMG_1340 EA estrada corta a cidade e é ladeada de vários armazéns e silos.

IMG_1341 E

IMG_1342 EContinuamos……
General Cabreral / Chucul
Cruzamos a RN.11.
Base da Força Aérea Argentina (Fuerza Aérea Argentina) na estrada de Rio Cuarto.
Rio Cuart Base Aeria E 

A ” Área de Material Rio IV ”  foi criada em 1944 e ocupa uma área de 900 hectares.

IMG_1343 EChegamos a Rio Cuarto.
Rio Cuarto E 

Rio Cuarto é a segunda cidade mais importante da Província de Córdoba – Argentina.
Encontra-se as margens do Rio Cuarto, razão do qual lhe foi dado o nome.
Rio Cuarto esta em uma área da Pampa Húmeda.
Sua economi9a se baseia na comercialização e industrialização de produtos agropecuários (principalmente os cereais) , assim como possui indústrias alimenticias, agromecânicas, fabricas de cimento, frigoríficos e laticínios.
Sua população é de aproximadamente 160.021 mil habitantes.

Rio Cuarto 3EA cidade é pitoresca e agradável, pena que não ficamos para conhecer um pouco mais.
Rio Cuarto 2ETem até um cassino.
Rio Cuarto 4EOlha só o que encontramos no caminho…….
O transito em Rio Cuarto é confuso.
Mesmo com o GPS nos perdemos algumas vezes.
Na saída da cidade a caminho da RN.8 paramos para abastecer em um Posto Shell.
Enquanto abastecia notei que atrás do posto tinha um hotel novinho.
Rio Cuarto 5EHotel La Pousada del Viajeiro
Anotamos, pois seria uma boa opção para a volta, caso estivéssemos por essa região em final de dia.
Retomamos a RN.8 e seguimos viagem.
Passamos por Santa Catalina
Cruzamos a RP.35.
Mais um pedágio – Sampacho RN.8/Km.655 (ARG 5,00).
Cruzamos a RP.24 / RP.14.
*Entramos na Província de San Luis.
São Luiz ECruzamos a RN.1
Mais um pedágio – Justo Daract (ARG 8,00).
Passamos por Villa Mercedes.
Villa Mercedes ENo entorno de Villa Mercedes a coisa ficou feia.
Tínhamos que sair da cidade e pegar a RN.7, ai começou o problema.
Estava um canteiro de obras por toda a parte. Construção de viadutos e várias rotatórias(coletoras), marginais, e nós ali maluquinhos. O GPS já viu né pirou totalmente.Rodávamos , rodávamos e acabávamos quase no mesmo lugar. A falta de sinalização piorava ainda mais as coisas.O que salvou foi uns trabalhadores a beira da estrada a quem pedimos informações. Finalmente depois de quase uma hora conseguimos acertar e entramos na RN.7 para San Luis.
RN.7 – (Ruta Nacional 7) – Corredor Bioceanico – Carretera Libertador General San Martins.Liga a Costa do Atlântico – Buenos Aires até a Costa do Pacífico – Chile.

Depois disso tudo, uma merecida paradinha para café, esticar as pernas e relaxar um pouco.
Continuamos viagem.
Cruzamos a RN.28. Passamos por Liborio Luna ? Fraga. Cruzamos a RN.27. Passamos por Comandante Grenville / Eleodoro Lobos.
Mais um pedágio – La Ciumba-RN.7/Km.761 (ARG 8,00).
Já são 18:47h ainda esta claro. Uma paradinha para café, esticar as pernas e descansar .
Passamos a RP.20 / El Chorrillo.
Chegamos em San Luis.
Como já era tarde passamos direto por San Luis pois vamos tentar chegar até Mendonza que fica a 260Km.
Já escureceu, é o primeiro dia que vamos dirigir a noite. Vamos ver no que vai dar.
Cruzamos a RP.15 / Chosmes / RP.21 / Alto Pancoso / RP.26.
Mais um pedágio – Desaguadero – RN.7/Km.863 (ARG 4,50).
Paramos para um café, comprar água e usar a internet para ver hotel em Mendonza.
Em conversa com o dono do restaurante, ele nos falou que não seria muito bom chegar em Mendonza a noite, ainda mais de carro e sem conhecer nada. Nos aconselhou a pernoitar em La Paz que esta a pouco menos de 150Km. Agradecemos e partimos.
Já estava bastante frio e um pouco de névoa. Estamos ficando preocupados. Mas vamos em frente e tentar chegar a La Paz.
*Entramos na Província de Mendonza.
Mais um pedágio – La Paz – RN.7/Km.899 (ARG 4,00).
Estamos a uns 50 Km de La Paz, ai a coisa ficou ruim.
O GPS mai uma vez ficou doidinho. Vimos uma placa indicando La Paz próxima saída.
Saímos onde a placa indicava e caiamos numa rotatória(coletora) rodamos feito peru em véspera de Natal e acabamos vendo novamente uma placa indicando La Paz, seguimos, ai a coisa ficou pior ainda.Chegamos num lugar que parecia ser um povoado ou um bairro afastado, muito estranho. Lugar muito escuro, pouca iluminação, era uma avenida larga de duas pistas, só casas, pareciam casas populares, um bairro pobre, andamos, andamos, andamos, a rua acabou e nada de hotel, voltamos e nada.Decidimos voltar para a estrada, outra novela acertar a saída. Ufaaaaaaaaaaaaa conseguimos. Faltavam aproximadamente uns 160Km até Mendonza. Dirigimos por uns 10Km e vimos que não chegaríamos a Mendonça a não ser pela madrugada, pois estavamos dirigindo a uma média de 80K/hora.Paramos no acostamento para pensar.
Agora sim se correr o bicho pega, se ficar o bicho come……osso
Vimos a uns quilômetros atrás um posto grande na pista contraria antes de sairmos para La Paz, ou seja lá o que era aquilo. Resolvemos voltar.
Pegamos o primeiro retorno e voltamos uns 12Km até oposto.
Era um posto grande da Rede GNC , com boa estrutura, Bem iluminado, restaurante, banheiros limpos . Paramos e fomos ao restaurante comer alguma coisa, pois já eram 21:20horas e estávamos de fome e frio.
Pedimos dois pratos de algo parecido com nosso americano no prato, Coca-Cola e depois um café.Após a janta ficamos conversando um pouco sobre o que fazer. Ai pedi ao garçom a senha para usar a internet. Verificar e-mail e mandar e-mail para os filhos.
Em conversa com o garçom perguntei de haveria algum problema em dormir ali no posto, ele falou que não teria problema, pois é comum nesse trecho  pararem para dormir no posto e demais tinha dois seguranças a noite toda. Ficamos mais tranquilos.
Estava resolvido, essa noite pernoitaríamos no posto mesmo dormindo no carro.
Escolhemos um lugar tranquilo em baixo de umas arvores e nos preparamos para dormir.
Tínhamos uma toalha de banho grande e grossa e uma manta(ainda bem que levamos).
Forrei o banco trazeiro da Duster com uma toalha pra minha esposa dormir, usei uma bolsa pequena para travesseiro e ela se cobriu com a manta e é claro dois casacos, touca, cachecol e luva. Eu me acomodei no banco da frente mesmo. Vamos tentar relaxar e dormir, esta muito frio. Boa noite……
Acordei na madrugada com frio, deveria estar uns 2 graus. Tive que ligar o carro e usar o aquecedor para esquentar um pouco. E assim foi a madrugada toda, liga e desliga o aquecedor.
Esse dia foi complicado, mas nada que desanime para o resto da viagem.
Imprevistos acontecem e temos que estar preparados para enfrenta-los e superar.

PEDÁGIOS
Santa Fé – RN.11 / Km.146………………………….ARS  2,50
Sampacho – RN.8 / Km.655………………………….ARS  5,00
Justo Daract – RN.8………………………………….ARS  8,00
La Cumba – RN.7 / KM.761………………………….ARS  8,00
Desaguadeiro – RN.7 Km. 863……………………..ARS  4,50
La Paz – RN.7 / Km.899……………………………..ARS  4,00
ARS 32,00

ROTA: RN.11 / RN.19 / RN.1 / RN.158 / RN.148 / RN.8 / RN.7

828 Km rodados em 12:30h.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*