17ºDia – Santos / Ushuaia – Abril 2016

17º Dia / 07 Abril 2016 / Quinta-feira
( Ushuaia-ARG)

A programação de hoje será visitar o Parque Nacional Tierra del Fuego que fica mais ou menos a 15 Km do hotel pela Ruta Nacional 3(RN.3).
 Esse trecho da RN.3 é todo em ripio. Imaginamos que levariamos o dia todo nesse passeio.

O tempo esta bom, sol e um vento frio.
Antes da entrada do Parque paramos na Estação do Trem do Fim do Mundo, que também é um meio de se chegar ao Parque.

Trem do Fim do Mundo – El Tren Del Fin Del Mundo é uma réplica daquele que transportava os presidiários para cortarem lenha na floresta há 100 anos, entre 1910 e 1947 . É o trem mais austral do mundo e uma das principais atrações de Ushuaia.

Como o primeiro trem já tinha partido as 09:30 horas e o próximo só seria as 12:00 horas, resolvemos abortar esse passeio pois perderíamos muito tempo esperando o próximo.
Valor do Ingresso para o Trem do Fim do Mundo:
Classe Turística: AR$ 690,00 (Adultos) / AR$ 140 (6 à 17 Anos) / Grátis (Menores de 5 Anos).
Primeira Classe: AR$ 1.190,00. R$ 240,00 aproximadamente
Classe Premium: AR$ 1.540,00. R$ 310,00 aproximadamente.
De todos os tipos acima, a Classe Turística é a mais simples. As demais oferecem comidas e bebidas (que vão se diferenciando de acordo com o nível) e eles oferecem souvenirs (chaveiro, canetas etc).
Para mais detalhes acesse http://www.trendelfindelmundo.com.ar 
Resolvemos conhecer a estação, lojinha de souvenir e a cafeteria.

O nome da estação é Ferrocarril Austral Fueguino.

Na cafeteria tomamos dois chocolates quente, bem a calhar pelo friozinho (AR$50,00).
Seguimos em direção a portaria do parque.

A entrada ao parque custa AR$ 100,00 por pessoa(turista). Gastamos AR$ 200,00.

Idoso não tem vez, paga a mesma coisa. Só não paga o aposentado (Jubilado) argentino.

Bem, vamos falar um pouco sobre o Parque Nacional Tierra del Fuego.

O Parque Nacional Terra do Fogo, ou Tierra del Fuego na língua local, é um parque nacional argentino e um dos pontos turísticos mais importantes de Ushuaia. O parque compreende uma enorme área verde, com cerca de 68.909 hectares, mas somente 3,17% (ou 2.185 hectares) de toda essa área está aberta ao público, sendo o restante considerada uma zona estritamente fora de limites. É banhado pelo Canal de Beagle e se encontra no extremo sudoeste da parte da ilha a cerca de 12km do centro da cidade.
O que mais chama a atenção dentro do parque é a topografia montanhosa, além da enorme quantidade de áreas verdes,  lagos, bosques e da paisagem natural como um todo. Ainda que o parque esteja em território argentino, parte dele está em território chileno, então algumas montanhas que se vê dentro do parque pertencem ao Chile. O lugar também é famoso por ser o final da Ruta N3, que faz parte do sistema de rodovias panamericanas.

Como o parque é muito grande, você pode reservar um dia todo para conhecê-lo, se assim quiser. Fazer trilhas, que têm diferentes níveis de dificuldade, é ótimo para conhecer o local mais a fundo e poder ter pleno contato com a natureza. Ao longo do passeio no parque não será difícil avistar animais.
Entre os locais mais importantes a conhecer no parques estão a Baía Lapataía (final da Ruta N3), Lagoa Ensenada ou Ensenada Zaratiegui onde esta o Correio do Fim do Mundo o Lago Roca, a Castonera e trilhas como Senda Costanera, Laguna Negra, Circuito Las Lengas, entre outras. Para fazer as trilhas, pegue um mapa no centro de informações e vá caminhando pelas trilhas que considerar melhores e atenda ao nível de dificuldade compatível com suas condições físicas. Tem também o Centro de Visitantes Alakush, que além de restaurante que conta com pratos tradicionais e também lanches rápidos. No local você tem acesso a fotografias, maquetes e informações sobre los onas e los yaganes – aborígenes que viveram na Tierra del Fuego.
Após a entrada do parque no primeiro cruzamento a esquerda é a entrada para a Lagoa Ensenada ou Ensenada Zaratiegui, ai foi nossa primeira parada.

Bahia Ensenada

Nessa enseada é onde está o que dizem ser o Correio mais austral do mundo(Correio do Fim do Mundo).

Correio do Fim do Mundo


Hoje existe uma agência postal no continente antártico, então esse título já não pertence mais à cidade de Ushuaia.
Essa é uma agência de correios que funciona de verdade, e você pode mandar um cartão postal para qualquer lugar que eles enviam.

Além disso, eles também carimbam o passaporte e colam um adesivo,  mas cobram por isso. O valor é de AR$30,00 por passaporte Nós gastamos AR$ 60,00. A agência funciona durante a semana, e aos finais de semana abre uma vez ou outra no sábado. Então é contar um pouco com a sorte dependendo do dia do seu passeio.
Nossa próxima parada, Bahia Lapataia.

Lapataia significa “baía da madeira” na língua yámana. A baía formada no Canal do Beagle é facilmente acessada de carro ou por trilha. Na Bahía Lapataia termina a Ruta Nacional 3, importante via argentina, que corta grande parte do país. A Ruta Nacional 3 é famosa por chegar até o Alasca, um percurso de mais de 17.800km.
No local existe um marco alusivo onde todos os turistas querem tirar uma foto para registrar o momento e com isso fica quase impossível você tirar uma foto sozinho. Tivemos sorte, alguns segundos e conseguimos. Só nós dois na foto.

Bahia Lapataia


No local um deck de madeira e passarelas leva o visitante a vários pontos e diversas pequenas ilhas com paisagens surpreendentes.

Próxima parada Laguna Negra.(Castoreras)

Laguna Negra

A Laguna Negra é uma pequena lagoa de cor escura devido à presença de um pântano de turfa. Também conhecida como Castorera devido ao grande numero de castores que vivem no lugar. Por toda sua extensão é possível observar a destruição feita pelos castores. O que se vê na realidade é uma total destruição da  floresta.
Nas fotos abaixo da para se ver um dique feito pelos castores.

Por toda sua extensão é possível observar a destruição feita pelos castores.

Os castores são nativos da América do Norte e foram trazidos, 25 pares de castores, a mais de 70 anos(1946) para a Argentina pelos colonizadores numa tentativa frustrada de produção de pele.

Apresento “O Castor”

Mas os animais se reproduziram exponencialmente e como não há um predador natural saíram do controle. Como possuem dentadas potentes e se alimentam da casca, dos ramos e das folhas das árvores, devastam tudo por onde passam. O governo estima que a população de castores na Patagônia já tenha passado da casa dos 100 mil e atesta que a população já afetou 23.500 hectares de floresta. Outros estudos dizem que a população de castores já cobre uma área de pelo menos ​70 mil quilômetros quadrados da Patagônia.
Na verdade castor tem vida(atividade) noturna por isso não vimos nenhum, só vimos destruição.
Seguimos para o Centro de Visitantes Alakush.

Centro Visitantes Alakush

O Centro de Visitantes conta com um restaurante que serve pratos tradicionais e também lanches rápidos.
No interior do Centro conta também com um acervo onde você tem acesso a fotografias, maquetes e informações sobre los onas e los yaganes – aborígenes que viveram na Tierra del Fuego.

Fora do centro, a paisagens de tirar o fôlego compõem o horizonte. Aproveitamos para tomar dois cafés (AR$ 110,00). Resolvemos ir direto para a cidade almoçar pois ainda tínhamos que comprar algumas lembranças.
Andando pela Av. San Martin encontramos o Bar D Pizza e resolvemos experimentar. O almoço hoje vai ser pizza.

  Bar D Pizza
Av. San Martin, 753
www.bardpizzas.com.ar

Pedimos uma pizza primavera, uma coca-cola e um café.
Gastamos AR$ 300,00

O lugar é agradável, bom atendimento e a pizza muito boa.
Recomendamos o Bar D Pizza.
Paramos na Tierra de Humos para comprar mais algumas lembrancinhas (AR$ 765,00)
Tierra de Humos
Av. San Martin, 861
Paramos no Tante Sara Café-Resto  para mais um cafezinho.

 Tante Sara Café-Resto
Av. San Martim, 701
www.tantesara.com/es

Lugar super agradável para relaxar saboreando um gostoso chocolate quente.

Recomendamos o Tante Sara Café-Restro
Como estava frio resolvemos tomar dois chocolates (AR$ 140,00).
Como já era um pouco tarde resolvemos ir abastecer, pois amanhã seguimos viagem.
Antes paramos paramos na Loja da Moviestar (Av. San Martin,131) para colocar credito no celular (AR$ 20,00).
Abastecemos no mesmo YPF da Avenida Perito Moreno c/ Eva Perón.
Abastecemos…………..36,18 litros
Preço da Gasolina……..AR$ 11,65
Gastamos………………AR$ 420,00
Agora é ir direto para hotel e arrumar as malas.
Jantamos no restaurante do hotel (AR$ 560,00)

RESUMO DO DIA

COMBUSTIVEL
 AR$  420,00……..36,18 litros

ALIMENTAÇÃO
AR$  1160,00

HOSPEDAGEM
AR$  2.649,92

PASSEIO
AR$ 200,00

OUTROS
AR$ 825,00

 RECOMENDAMOS
Bar D Pizza – Ushuaia
Tante Sara Café Bar-Resto – Ushuaia
Restaurante Gourmet Le Martial (Hotel) – Ushuaia
Tierra de Humos Souvenires y Artesanias – Ushuai

 

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*