10ºDia – Santos / Salta – Abril 2017

10º Dia / 07 Maio 2017 / Domingo
( Salta-ARG )

Ontem a noite pesquisando na internet , vimos que na região tem muita coisa para se fazer. Por isso resolvemos ficar uns três ou quatro dias aqui por Salta mesmo. Tentar conhecer o máximo de lugares possíveis e também não atrasar muito nosso cronograma de viagem.
Vamos tentar explorar um pouco mais a cidade.
O carro fica no hotel e vamos sair a pé que é o melhor meio de se inteirar ao dia dia da cidade.
Saímos do hotel em direção a Praça 9 de Julio. Como já era mais de dez horas da manhã e mesmo sendo domingo o movimento de pessoas pelas ruas era intenso.
Chegando na praça resolvemos tomar um café.
Na esquina  da Rua Espana com Rua Zuviría e Praça 9 de Julio encontramos o Café Van Gogh. Achamos o local simpático, com as mesinhas na calçada, como hoje estava um domingo de sol resolvemos sentar e pedir um café, assim poderíamos conversar tomando um cafezinho e ao mesmo tempo apreciarmos o movimento da praça.
Vimos no cardápio que eles também servem lanche e refeições.
Resolvemos voltar para experimentar o almoço.

Café Van Gogh
España, 502 c/Zuviria

Van Gogh Café

Gastamos AR$ 102,00.
Vamos andar sem rumo certo para explorar os arredores da Praça 9 de Julio.

Andamos um pouco e a algumas quadras da Praça 9 de Julio, na esquina das Ruas Córdoba c/ Caseros encontramos essa maravilha…“Basílica Menor e Convento San Francisco”.

Ao lado da torre principal encontra-se o “Centro Cultural San Francisco”.

Centro Cultural

Basílica Menor e Convento de São Francisco
É um templo católico e convento da ordem franciscana que por sua beleza arquitetônica e importância histórica constitui uma das principais atrações turísticas da cidade de Salta, reconhecida por ser uma das cidades que melhor preservaram o capacete colonial espanhol na Argentina.
Foi declarado Monumento Histórico Nacional em 14 de julho de 1941 pelo decreto 95687 do Poder Executivo Nacional e Basílica Menor em 4 de agosto de 1992 .
O templo possui obras valiosas, destacando a imagem de Nossa Senhora das Neves, um San Pedro de Alcántara atribuído ao escultor espanhol Alonso Cano e uma pintura de São Francisco de Assis.
Também tem um pequeno museu e uma biblioteca e arquivo histórico com edições de alto valor; uma menção especial é seu Arquivo Musical, que conserva depoimentos da vida musical do convento a partir da segunda metade do século XIX.
No templo estão enterrados Francisco de Gurruchaga (criador da Marinha Argentina ), Pachi Gorriti e María Magdalena de Goyechea e a Corte (mãe do General Martín Miguel de Güemes ).
A Basílica de São Francisco é um dos tesouros de Salta, que cativa não apenas pela sua infinita torre sineira, mas também pela sua arquitetura e riqueza cultural. Seu museu vivo “Fray Luis Giorgi” é uma das atrações que você não pode perder.

O Centro Cultural San Francisco que abriga um museu estava fechado.
Aproveitamos que estava havendo uma missa e entramos para conhecer a Basílica.
Na entrada existe em exposição os dois primeiros sinos usados na Basílica. São datados de 1860.

Resolvemos andar mais um pouco antes de almoçar.

A Praça Gral.Dom Martin é um lugar muito agradável, bem conservado, assim como todas as praças da cidade. Um lugar para se sentar e descansar a sombra de grandes arvores.
Retornamos a Praça 9 de Julio para almoçarmos no Café Van Gogh.

O dia estava bonito, sentamos nas mesas da calçada.

A comida chegou, vamos matar a fome.

Agora só resta pagar a conta.
Gastamos AR$ 500,00.
Agora vamos até a Praça San Martin onde fica o Teleférico San Bernardo usado para subirmos no Cerro San Bernardo.

TELEFÉRICO SAN BERNARDO
Av. San Martín 4400 – Salta
www.telefericosanbernardo.com

TELEFÉRICO SAN BERNARDO
Projetado em 1964 durante o governo de Ricardo J. Durand , e foi construído após outubro de 1987 e inaugurado em 12 de janeiro de 1988  graças ao impulso e visão futurista do então governador Roberto Romero .
Começa a partir de uma estação localizada na Avenida San Martín e Hipólito Yrigoyen, dentro do Parque San Martín  e depois de percorrer 1016 metros e subir 284,9 metros a uma velocidade de 2m / seg, até o mirante no topo do Cerro San Bernardo (Reserva urbana natural) em aproximadamente oito minutos, de onde você pode ver perfeitamente a cidade inteira de Salta e o Vale de Lerma.
Pode transportar 300 pessoas por hora em 25 gôndolas com capacidade para quatro pessoas.

A passagem no teleférico nos custou AR$ 170,00 (AR$ 85.00 por pessoa)

CERRO SAN BERNARDO
O Cerro foi declarado Reserva Natural  Municipal em 04 de Junho de 1991.
Pode-se chegar ao topo do Cerro de três maneiras:
1ª- Percurso pavimentado: pela Rota Provincial 107, que parte do bairro de Portezuelo e após 2 km de viagem alcança-se o topo que é o ponto panorâmico . Esta rota também serve como acesso ao Cerro 20 de Febrero, localizado mais ao Norte ao lado de San Bernardo.
2ª – Escadaria: Uma escadaria de pedra que começa no Museu de Antropologia(atrás do Monumento ao General Martin Miguel de Guemes). A subida tem 1021 degraus e ao longo da subida há uma série de 14 templos dedicados ao caminho da via crucis(Caminho da Cruz).
3ª – Teleférico: Teleférico San Bernardo.

No topo existe bastante espaço e vi muitas famílias com crianças brincando . É um espaço para todos desfrutarem com tranquilidade.
Tem um restaurante que serve lanches rápidos e café, tem também uma pequena feirinha onde vendem lembranças tipicas da região.
O Mirante, onde a vista da cidade e região é espetacular.

Mas o destaque, alem da bela vista é claro, é o “Parque das Fontes Naturais” com várias quedas d’águas que formam pequenas cachoeiras,que são transpassadas por passarelas onde se pode caminhar livremente e em algumas passa-se por dentro da queda d’água.

Fica a dica…..estando de passagem por Salta arrume um tempinho e venha conhecer o Cerro San Bernardo.
É um passeio imperdível.
Entardeceu, hora de voltar.
Caminhando de volta para o hotel.
Hoje o dia foi ÓTIMOOOOOOO
A noite como estávamos cansados da caminhada do dia, resolvemos não sair e fazer um lanche no snack bar do hotel.
Gastamos AR$ 110,00.
Ainda tomamos quatro cafés, compramos uma água e uma coca-cola (AR$ 160,00).

RESUMO DO DIA

ALIMENTAÇÃO
AR$  872,00

HOSPEDAGEM
AR$ 1251,28/U$ 66,12

OUTROS
AR$ 170,00

RECOMENDAMOS
WILSON HOTEL – Salta/Argentina
CAFÉ VAN GOGH – Salta/Argentina
TELEFÉRICO SAN BERNARDO
CERRO SAN BERNARDO

0 Km Rodados

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*